• Lisbon
  • +351963828974
  • Mon-Fri: 08:00 - 18:00

REGULAMENTO TRANSPORTE DE ALUNOS

Km4You > Crianças > REGULAMENTO TRANSPORTE DE ALUNOS
Share

REGULAMENTO DE TRANSPORTE DE ALUNOS
Ano letivo 2021/22
Samuel & Susana, Lda


ARTIGO I
Preâmbulo.

Arado Azul, de Samuel & Susana, Lda, é uma empresa de transporte privado de passageiros, licenciado como operador de turismo (RNAVT), transporte ocasional de passageiros (TVDE) e transporte coletivo de crianças (TCC, Alvará 301097).

  1. O transporte de alunos é efetuado em viaturas devidamente licenciadas e certificadas para o efeito.
  2. O transporte é assegurado entre dois locais, recolha (em casa ou escola) e entrega (em casa ou escola) ou apenas num sentido, recolha ou entrega. A empresa garante apenas um horário fixo, acordado previamente com a família, de recolha do aluno assim como a entrega atempada para o início das aulas; o regresso a casa será efetuado com maior flexibilidade.
  3. Este é um serviço de transporte partilhado. Seguindo as regras de compromisso aceite entre o cliente e empresa, sempre numa expectativa de melhorar o serviço a favor do aluno, cada viatura circulará dentro de um programa horário, publicado diariamente, porventura com algumas variáveis e sem por em causa as rotinas horárias de cada aluno, na partida e na chegada.
  4. A nossa prática tem demonstrado que uma boa comunicação entre os pais e os motoristas, em plataforma digital, por motivo da presença de 3 viaturas em circulação, tem permitido a resolução quase imediata em recolhas horárias excecionais com que por vezes os alunos são confrontados.
  5. As atividades extracurriculares serão acordadas previamente assim como outras situações excecionais, desde que haja disponibilidade da viatura e do respetivo motorista.

ARTIGO II

Admissão.

  1. O novo cliente procede com uma incrição inicial com as informações necessárias (em conformidade com a nossa política de privacidade e GDPR) para verificação de disponibilidade por parte da empresa.
  2. Havendo vaga a empresa proporá um orçamento de acordo com a “tabela base”, a qual é enviada ao cliente. O valor final será proposto de acordo com as regras para horários não fixos depois de ser fornecido o horário do aluno e/ou preferências de recolha/entrega fornecidas pelo cliente.
  3. A aceitação do contrato torna-se efetiva após 15 dias depois da primeira viagem para confirmação de rotas e valores para horários não fixos.
  4. Devido às exigências de qualidade e higienização permanente das nossas viaturas poderemos ter alguma dificuldade em aceitar alunos que residam em zonas cujas vias de circulação ponham em causa este padrão.

ARTIGO III
Preços.

  1. Os nossos preços são de acordo com uma tabela de preços* (ver rodapé), conhecida dos clientes, mensal, proporcional entre localidades, iva inc.. Consulte regras para horários não fixos.
  2. Haverá um pagamento de seguro, único e válido para todo o ano lectivo: 1º trimestre, 25.00€, 2º trimestre, 20.00€, 3º trimestre, 15.00€. 
  3. O valor mínimo do nosso serviço por transporte de cada aluno é 60,00 €, Iva Incluído.
  4. A quantidade mínima de viagens a faturar será 22 (média mensal) correspondendo a “só recolha” ou “só entrega”.
  5. A empresa poderá, com aviso prévio de 30 dias, propor um aumento da mensalidade de acordo com as regras de preços e por eventual do aumento de combustíveis. Este aumento eventual será num valor indexado à rede Prio.

ARTIGO IV
Horário de trabalho, horário variável, viagens excepcionais, rotas não rentáveis.

  1. HORÁRIO DE TRABALHO / LIMITE DE TACÓGRAFO* (ver rodapé). O horário de trabalho dos motoristas é das 07:00 às 17:00h. O tempo de tacógrafo (04:30 + 00:45 (descanso) + 04:30) esgota-se a partir das 17:00 depois de descontados alguns períodos sucessivos de descanso. Os valores por viagem nos horários que excedem este horário de trabalho serão alvo de valor acrescido em favor dos colaboradores.
  2.  HORÁRIO VARIÁVEL. Um horário variável é um horário em que um aluno tem, por exemplo, entrada na escola de segunda a quinta às 09:00 horas e na sexta entra às 10:00. Nestas condições o lugar às 09.00 (na sexta feira) fica vazio e também um outro lugar tem de ser criado às 10:00 e não será a mesma viatura.
  3.  VIAGENS EXCEPCIONAIS. Uma viagem excepcional é uma viagem requisitada fora do horário acordado previamente, uma recolha mais tardia em casa ou uma saída mais cedo da escola.
  4. ROTAS NÃO RENTÁVEIS. Uma rota não rentável é uma rota em que o valor cobrado por viagem não cobre despesas básicas do transporte: veículo, combustível e pagamento do motorista. Aceitamos realizar estas rotas mas apenas num período limitado de tempo e na expectativa de que na mesma viatura possam (entretanto) sentar-se pelo menos 4 alunos na totalidade do trajeto ou parte dele.

    Consulte detalhes em REGRAS PARA HORÁRIOS NÃO FIXOS

ARTIGO V
Pagamento.

  1. Os pagamentos serão mensais e efectuados até ao dia 8 do mês em que está a será realizado o transporte. A falta de pagamento ou de razão aceitável para o seu atraso, faz cessar de imediato o serviço prestado.
  2. Em caso de não utilização do serviço por parte do aluno que, por motivo de férias, por qualquer motivo o leve a não usar o serviço, doença, encerramento temporário do equipamento de ensino, reinício/fim do período/época escolar, que não exceda os 11 dias úteis consecutivos, o pagamento mensal será total.
  3. O pagamento no início das aulas é proporcional em número de dias do mês e no valor mínimo de 50% do orçamento proposto; o pagamento no último mês de aulas é também proporcional na razão dos dias do uso deste serviço.
  4. Em caso de não utilização do serviço por período superior a 11 dias úteis e se o cliente desejar manter o seu lugar na viatura, o pagamento será 50% da mensalidade acordada até que o aluno possa regressar à sua actividade escolar normal.
  5. Em caso de existência de dois ou mais filhos, que utilizem o mesmo trajeto e horário, o valor será alvo de um desconto de 15% no segundo e terceiro… aluno. O desconto não se aplica se o valor do trajeto for o mínimo aplicável.

ARTIGO VI
Clientes empresas, escolas, colégios.
 

  1. Clientes corporativos poderão articular connosco agilizando em exclusivo ou em parceria o transporte dos seus alunos.
  2. O cliente ou os pais fornecem os elementos relevantes à recolha e entrega dos seus alunos assim como os contactos necessários que salvaguardem a segurança do aluno e a boa comunicação no decorrer do transporte.

ARTIGO VII
Cessação do serviço.

  1. A empresa deverá ser informada com 15 dias de antecedência da cessação do serviço não havendo lugar a reembolso dos dias eventualmente já pagos.
  2. A empresa, se porventura for confrontada com motivo intransponível, constatação de que o serviço está numa “rota não rentável”, insatisfação do cliente, falta de entendimento com o cliente, solicitará a cessação do serviço com 15 dias de antecedência.

ARTIGO VIII
Rescisão e fim de acordo.

A empresa e o cliente poderão rescindir este contrato por motivo de força maior justificável, consentida entre as partes ou motivada por:

  1.  Atrasos recorrentes no horário de recolha do aluno;
  2.  Dificuldade na gestão de eventual comportamento do aluno que prejudique a segurança da condução e ou outros alunos utentes do veículo;
  3. Desobediência ao motorista ou comportamento de conflito permamente dentro da viatura. (Ênfase no Art. IX, 6).
  4.  Não cumprimento do pagamento acordado e/ou restantes itens deste contrato. Nesta eventualidade será feito um acerto de contas na proporção mensal mas sem direito à devolução do seguro.

ARTIGO IX
Acompanhamento da criança e gestão de imprevistos.

  1. O motorista prestará, a pedido dos pais que necessitem, informação sobre recolha e entrega do aluno em plataforma digital. Os pais poderão solicitar alterações pontuais e os motoristas procurão corresponder positivamente de acordo com as suas possibilidades.
  2. Agradecemos aos pais comunicação atempada na eventualidade de pontualmente o aluno não poder fazer uso do nosso serviço.
  3. Em caso de eventual condicionamento de trânsito o motorista informará o(s) cliente(s) através da mesma plataforma.
  4. Em caso de impedimento pontual da marcha da viatura, além do conhecimento prestado em plataforma, a empresa procurará agilizar a solução mais rápida com qualquer outra viatura disponível.
  5. Em caso de atraso na comparência do aluno junto da viatura o motorista fará prova digital de que esteve no local à hora marcada e seguirá viagem. Poderá não ser possível voltar ao local para tentar recolher o aluno de novo e se tal for possível será cobrada “viagem excepcional”.
  6. Qualquer motorista, no desempenho da sua missão, tem liberdade para tomar decisões que proporcione a melhor solução em favor do cliente; nenhum motorista pode ser confrontado com solicitações ou reclamações que o coloque em situações de stress, irritação, desigualdade para com outrem, forçando-o a quebrar a boa prática de condução preventiva e segura. As reclamações deverão ser dirigidas sempre aos administradores da empresa.
  7.  É o aluno que deve esperar pelo motorista não o contrário. Tenha em conta que é o motorista que está confrontado com imprevistos no trânsito e por conseguinte, em caso de atraso pontual apelamos para a sua colaboração e compreensão.
  8.  É da responsabilidade do motorista a gestão do comportamento de grupo dentro da viatura de forma a proporcionar a todos uma viagem tranquila, de duração os mais curta possível a todos os alunos. Procuraremos o equilíbrio entre o “excesso de empolgamento” assim como algum eventual “desequilíbrio emocional”. Não é consentido dentro das viaturas “pequenas picardias” ou epítetos qualificativos que poderão despoletar irritação noutros passageiros.
  9. O uso individual de equipamentos com som estridente e/ou sem auscultadores é desaconselhado.
  10. Durante a manobra de embarque e saída das viaturas, por motivos de segurança, os alunos terão de colocar os seus equipamentos móveis no bolso ou mochila. Consulte em detalhe o motivo deste pedido no link.
  11. Eventuais danos no interior das viaturas ou necessidade de paragem da viatura para higienização profunda serão da responsabilidade do cliente.

Agradecemos aos pais comunicação atempada na eventualidade de pontualmente o aluno não poder fazer uso do nosso serviço.

ARTIGO X
Alterações ao regulamento.

  1.  Eventuais alterações ou aperfeiçoamento deste regulamento são comunicadas a todos os clientes e serão aplicadas 60 dias após a sua divulgação.

ARTIGO XI
Política de privacidade.


Recomendamos a leitura da nossa política de privacidade relativamente à utilização dos contactos fornecidos pelos nossos clientes. (De momento apenas disponível em inglês)

ARTIGO XII
Considerações finais.

Arado Azul e os seus motoristas estarão à disposição do cliente para ajudar a resolver qualquer dificuldade emergente procurando colocar acima de qualquer regra, o conforto dos alunos, o seu bem-estar e segurança, assim como a tranquilidade e confiança dos progenitores e todos os agentes da educação envolvidos.

Este acordo é válido para o ano letivo de 2021/22 e cessa no fim do 3º período escolar.

ARTIGO XIII
Artigo de exceção – Condicionamentos SARS-COV-2.

Durante a vigência da situação pandémica relacionada com o Covid19 consideraremos as limitações impostas pelo Governo relativamente à desinfecção dos veículos, uso de álcool gel e uso de máscara de proteção. Em caso de suspeita de contágio seguiremos as instruções da DGS.

Samuel & Susana, Lda
Capital Social, 11.000,00€

Links relacionados:
Inscrição em formulário Google. Se for urgente ligue 963 828 974
Regras para horários não fixos.
Protocolo SARS-COV-2.
Política de privacidade.

*Preços. A observação dos valores praticados pela concorrência com alvará TCC e a ilegal permite-nos concluir que o nosso valor mínimo (60,00€) está acima da média praticada e os nossos valores entre localidades com descontinuidade urbana estão abaixo da concorrência. A concorrência “carrega” muito nestes valores por motivo de não conseguir completar os lugares nas viaturas nestes trajetos, excusando-se a praticar estas rotas pois esgotam muito tempo útil das viaturas que podem ser mais rentabilizadas em circuitos mais fechados.

*Tacógrafo. O parágrafo (ART.IV.1) pode suscitar uma pergunta: “Então se o limite do tacógrafo é até às 17:00h como pode um motorista trabalhar mais tempo?”. Resposta: Sim pode. As sucessivas paragens de descanso adiam a exigência de parar por esgotamento de tempo limite, contudo, isso não torna aceitável que um colaborador inicie o seu trabalho às 07:00 da manhã e regresse a casa depois das 20:00h sem a justa compensação remuneratória. Segue exemplo de uma leitura de tacógrafo:




 

 

VISÃO, MISSÃO E VALORESPAGAMENTOS AOS PARCEIROS

Related posts

Leave a Comment

ARTIGOS RECENTES
SOBRE NÓS

Estamos a desenvolver uma rede de parceiros para dar resposta a qualquer necessidade em todo o país, trabalhando não apenas com frotas de veículos mas com uma variedade de parceiros fornecedores de serviços, trabalhando juntos como uma comunidade, tornando os clientes atores ativos no mesmo negócio. O objectivo final de km4You é beneficiar todos os que trabalham juntos.

hello.